A história por trás de um esmalte!

   Vocês sabiam que em 3500 a.C, as mulheres egípcias já pintavam as unhas? No Antigo Egito o esmalte era usado pela realeza e tinha poder de distinção social, o mesmo era perceptível entre os chineses em 3 a.C.


   Em meados do séc. XIX o cuidado ficou restrito a unhas curtas e bem polidas, época da invenção do palito que até hoje é usado na nossa manicure.
   Em 1925, durante estudos que desenvolviam tinturas para carros, foram descobertas as primeiras soluções que se assemelham com os esmaltes de hoje. 
   Já em 1930 conquistou o coração de estrelas hollywoodianas como Rita Hayworth e Jean Harlow.
   No ano de 1932, os irmãos Charles e Joseph Revlon custearam a invenção de um novo tipo de esmalte, mais brilhante e com um leque variado de tonalidades.
  
   Ah, e vale a curiosidade: Cléopatra costumava usar suas unhas em uma tonalidade de vermelho escuro!

0 comentários:

Postar um comentário